- Tahgarelando com Tatah Lira.: Saudades.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Saudades.


Eu nasci com o dom de conquistar, mas eu nunca soube manter. Eu não sei nem mesmo ME manter. Tenho uma incrível e constante necessidade de mudança, me enjoo, me canso e perco o que conquistei enquanto adquiro novas conquistas e nem percebo o que fui perdendo no meio desses caminhos.  Eu sou transitória até mesmo na minha vida. Vida essa que é como uma linha do tempo, onde cada ano é marcado por amizades diferentes, gostos diferentes, por uma eu diferente. É difícil demais ser inconstante. Olhar para trás e ver que está tudo sempre mudando na sua vida. É difícil olhar todos aqueles nomes no msn lembrar de cada um e não saber se aquelas pessoas lembram de você. Hoje eu descobri que pessoas que eu nem imaginavam, ás vezes, olham meu blog, então se você, pessoa que está lendo o texto, um dia já foi um dos meus melhores amigos, saiba que eu lembro de você e tenho medo de você não lembrar de mim, tenho medo porque eu me afastei, fui embora sem me despedir, eu apenas fui saindo lentamente da sua vida, me desculpe por isso. Eu sinto falta de todos, sinto falta de mim naqueles tempos e ainda assim eu gosto das pessoas que estão na minha vida agora e da pessoa que eu me tornei. Essa pessoa, nesse momento, está tentando reconquistar e manter. Sei que está tudo diferente, mas eu quero conhecer, reconhecer todos quero participar de novo de suas vidas e ocupar novamente o lugar que um dia foi meu.


4 comentários:

Sara R. Carneiro disse...

Nossa, me identifiquei muito com esse texto. Hoje mesmo lembrei e senti saudade de coisas e pessoas que antes eram o meu dia-a-dia, minha rotina, meu sorriso. Nós mudamos, nossas prioridades mudam, novos amigos surgem, novas ideias e ideais se formam, e o amor? Esse não muda, permanece aqui até hoje, é por isso que sinto saudade. Aaah (suspiro) quanta falta! Parabéns pelo blog, te sigo. Virei leitora (: Um beijo na testa.

Duda Almeida disse...

Me identifiquei bastante. Também sou assim, preciso da mudanças, canso das coisas rápido demais. Perdi amigos, mas gosto de quem sou hoje!
Beiijos*-*
http://cartasp-voce.blogspot.com/

Moran, andarilho disse...

Tatah, ser permanentemente fluida é uma de suas características. A outra é a sensibilidade de reconhecer que assim ser tem seu preço. Como água que corre para o mar, nem sempre é possível resgatar as margens e pontes do caminho. Que permaneçam então como ternas lembranças. Bjs, Moran

Henrique Andreão disse...

xO Senti saudade de vc e decidi abrir seu blog, esperando ver apenas 'coisas de menina' e... este texto!
Que bom saber (sem saber) que vc lembra de mim! Dos pedidos do msn para salvar um novo arquivo de conversação, pq lotava...! Do papo criativo e inacabável (somente a hora nos apartava). De minha grosseiria num pequeno momento. Do "The Simpsons" no cinema! ;X De sua aprovação na UFAL...
Ow "ImperfecTah", eu tbm ñ esqueci de vc! Saudades!

"Muda, pois o mundo muda com a gente!"